Quinta, 07 Abril 2016 00:00

Contribuições da Comunicação Não-Violenta para o Coaching

Escrito por
Avalie este item
(0 votos)

A Comunicação Não Violenta (CNV) tem como princípio fundamental o uso da empatia nas interações. Através da empatia, é possível enxergar o outro sob uma nova perspectiva, que não é de defesa x ataque ou de julgamento, mas de abertura a alguém que nos pede alguma coisa.

 

Para exercitar a empatia, é necessário fortalecer a escuta ativa e a presença, duas competências bastante utilizadas em Coaching e descritas pela ICF como Competências Essenciais do Coach:

  • “Presença: habilidade de estar completamente consciente e criar um relacionamento espontâneo com o cliente, empregando um estilo aberto, flexível e confiante.”

  • “Escuta Ativa: habilidade de focar completamente no que o cliente está dizendo e não está dizendo, para entender o significado do que é dito no contexto dos desejos do cliente, e apoiar sua auto-expressão.”

A CNV oferece algumas técnicas que podem ser bastante úteis para coaches exercitarem a empatia e também ajudarem seus clientes a mudarem suas perspectivas nas interações. A seguir citamos algumas dessas técnicas:

  • Diferenciação entre observação e avaliação (ou interpretação): saber separar a observação de um fato da interpretação que fazemos dele. Em geral, quando não conseguimos manter separadas nossas observações de nossas avaliações, o outro tende a se sentir julgado e pouco acolhido.
  • Reconhecimento de sentimentos que precisam ser expressos em uma interação: saber expressar sentimentos sem incluir julgamentos também é algo que podemos aprimorar. Muitas vezes expressamos nossas avaliações misturadas com sentimentos, o que gera uma postura defensiva no outro.
  • Expressão de necessidades que precisam ser atendidas: saber identificar e expressar necessidades de forma não-violenta estimula uma atitude mais positiva no outro.

Muitas dificuldades nos relacionamentos surgem quando as pessoas não usam uma abordagem não-violenta para sua comunicação com os demais. A CNV pode ser um recurso adicional para coaches e seus clientes, quando o tema é comunicação.

Quer saber mais?

  • ROSENBERG, MARSHALL B. – Comunicação Não-Violenta. Ed. Ágora, 2006, São Paulo.
  • ICF Core Competencies (website: coachfederation.org)

 

Lido 1069 vezes Última modificação em Sexta, 26 Agosto 2016 11:03
Meiling Canizares

Meiling Canizares é Sócia Diretora da M'Canizares e possui 20 anos de experiência em desenvolvimento humano e organizacional. Ver perfil profissional.

br.linkedin.com/in/meilingcanizares

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Entre em Contato

+55 11 94154-5654

 

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

meilingcanizares

 

facebook.com/mcanizarescoaching

 

linkedin.com/in/meilingcanizares

Conecte-se a nós

Assine nossa newsletter e receba nossos informativos por e-mail.